A PROTESTE, com apoio das maiores empresas de telecomunicações do país – Claro, Oi, Vivo e Tim – realizou o “Fórum PROTESTE 5G: Desafios de Implementação no Brasil”. O evento reuniu reguladores (agência reguladora e ministérios), consumidores, consultores e acadêmicos, além das representações setoriais das maiores empresas de telecomunicações do país. O objetivo era debater os desafios à implementação da tecnologia 5G no país, com o intuito de evitar os mesmos problemas já enfrentados nas gerações anteriores de telefonia móvel, como 3G e 4G.

Durante a abertura do evento, contaram com a presença de Marcos Adolfo Ferrari, Presidente Executivo da Conexis Brasil Digital, Nilo Pasquali, Superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel e Fábio Zacharias, CEO da PROTESTE, com a moderação de Henrique Lian, Diretor de Relações Institucionais da PROTESTE.

Além disso, visando abordar o tema de forma ampla, o fórum foi dividido em dois grandes painéis. No painel “Necessidades Infraestruturais para implementação da tecnologia 5G”, que contou com a presença de Nathália Almeida de Souza Lobo, Diretora de Políticas para Telecomunicações e Acompanhamento Regulatório na Secretaria de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Marcos Adolfo Ferrari, Presidente Executivo da Conexis Brasil Digital, Luciano Stutz, Presidente da ABRINTEL e Jacqueline Lopes, Diretora de Relações Industriais e Governamentais para LATAM South na Ericsson. A mediação será da jornalista Ana Paula Lobo, Editora/Diretora na A.P.M. Lobo Comunicação Editorial/Portal Convergência Digital.

Já no painel sobre “Harmonização Normativa e Segurança Jurídica: desafios para o 5G”, contaram com a presença de Nilo Pasquali, Superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Daniela Martins, Gerente de Relações Institucionais e Governamentais e de Comunicação da Conexis, Luciano Costa, Sócio do escritório Fleichman Advogados, e Caio Bonilha, Ex-presidente da Telebrás e Sócio da Futurion Análise Empresarial, como moderador.

Fonte: Proteste

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Translate »